A ENGENHARIA DIANTE DOS DESASTRES NATURAIS NA CIDADE DE CURITIBA: OS ALAGAMENTOS E INUNDAÇÕES REPENTINAS NO BAIRRO ALTO

Breno de Mello Dal Bianco, Giuliano Camati Dourado, Gabriel Vitor Klaumann Gubert, Willian Henrique Siman de Lima, Bárbara Lorena Ançay, Roberto Tadeu Berro, Adalberto Scortegagna

Resumo


Esse trabalho é um desmembramento de uma pesquisa patrocinada pelo Projeto Forma Engenharia – parceria da Vale/CNPq, na qual definiu-se três locais na cidade de Curitiba com elevada ocorrência de alagamentos e/ou inundações repentinas entre os anos de 2009 e 2011. O artigo destaca o Bairro Alto, situado na periferia da cidade. As causas diante dos desastres naturais na cidade de Curitiba têm a ação direta do homem, destacando-se a impermeabilização do solo, a canalização de córregos, destinação inadequada de resíduos sólidos e ocupação irregular. Para o Bairro Alto, foco desse estudo, constatou-se que a principal causa refere-se à ocupação irregular, deposição inadequada de resíduos sólidos e o assoreamento do rio Atuba. Para que sejam minimizados os problemas, há a necessidade de se pensar na bacia hidrográfica do rio Atuba e dos moradores envolvidos. Dessa forma, a comunidade e o poder público devem trabalhar em conjunto, para que consigam obter resultados satisfatórios. Medidas de melhorias urbanas, educ  ão ambiental, desassoreamento dos rios e repovoamento da mata ciliar se tornam necessárias.

Palavras-chave


Áreas de risco. Desastres naturais. Bairro Alto - Curitiba

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.