A ENGENHARIA DIANTE DOS DESASTRES NATURAIS NA CIDADE DE CURITIBA – RESULTADOS PRELIMINARES

Breno de Mello Dal Bianco, Gabriel Vitor Klaumann Gubert, Giuliano Camati Dourador, Willian Henrique Simon de Lima, Bárbara Ançai, Bianca de Castro Silva Rebolho, Roberto Tadeu Berro, Adalberto Scortegagna

Resumo


A pesquisa consiste na análise de três locais de grande incidência de alagamentos e
inundações repentinas na cidade de Curitiba, entre os anos de 2009 e 2011. A escolha
dos locais visitados pautou-se por características geográficas e socioeconômicas. Visitouse
a área central, um bairro no entorno do centro e um bairro na periferia da capital
paranaense. As causas dos fenômenos estudados têm relação direta com a ação humana
em ambientes urbanos, tais como impermeabilização do solo, canalização de córregos,
deposição inadequada de lixo e ocupação irregular. As ações humanas variam nos
três locais estudados, sendo que na área central destaca-se a impermeabilização e a
canalização dos córregos, enquanto nas áreas mais afastadas observa-se a ocupação
irregular e a deposição inadequada do lixo. Diversas ações, tanto do poder público
como da sociedade, podem minimizar os problemas detectados. Entre as ações, podese
sugerir, para a área central, mecanismos de retenção da água de chuva abrangendo
os moradores à montante da área afetada. Já para as áreas periféricas, a ação do poder
público visando reorganizar a ocupação do espaço, poderia obter resultados satisfatórios.

Palavras-chave: Áreas de Risco. Desastres Naturais. Curitiba.


Palavras-chave


Áreas de Risco. Desastres Naturais. Curitiba

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.