O ESTUDO DA ESCRITA ARGUMENTATIVA: UMA ANÁLISE DA FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA EM ARTIGOS CIENTÍFICOS

Camila Ferreira da Silva, Cristiane Monteiro da Silva, Jane Marian

Resumo


Este artigo apresenta uma análise dos operadores argumentativos utilizados na construção da fundamentação teórica de artigos científicos e tem como objetivo compreender a argumentatividade na escrita científica, especificamente na fundamentação teórica. Para a  construção do estudo, duas vertentes da linguística foram utilizadas, o primeiro foi o estudo dos operadores argumentativos, este é pautado nos postulados de Ingedore Koch na vertente da Linguística Textual. E o segundo, uma metodologia empírica, de natureza tanto   quantitativa quanto qualitativa, pois segue os postulados da Linguística de corpus. Para tanto, foram compilados 130 artigos científicos originais, que foram investigados por meio do programa computacional de análises linguísticas AntConc. Os resultados das análises mostraram uma diferença discrepante no uso de cada um dos operadores argumentativos na construção da fundamentação teórica. O método aplicado possibilitou verificar a frequência de cada um dos operadores e oportunizaram uma discussão acerca das escolhas argumentativas e suas respectivas funções. Sendo assim, é importante considerar a continuidade dos estudos a fim de aplicar a teoria abordada e familiarizar os estudantes iniciantes na escrita acadêmica com o diálogo científico e apresentar as possibilidades   argumentativas.

Palavras-chave


Artigo Científico. Fundamentação Teórica. Linguística Textual. Operadores Argumentativos. Linguística de Corpus

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.