NÍVEIS DE ATRIBUTOS QUÍMICOS DE SOLO DO PARQUE GENERAL IBERÊ DE MATTOS

Ana Flávia Lins Gonçalves, Iara Lang Martins

Resumo


Parques e praças de grandes centros urbanos são opções de contato com a natureza e trazem a imagem de um ambiente purificado e agradável. No entanto, a determinação da efetiva qualidade ambiental ocorre pela análise de parâmetros, os quais, no presente trabalho, foram mensurados a partir do recurso natural solo. O objetivo deste trabalho é determinar os níveis de atributos químicos do solo para avaliar a qualidade ambiental do parque General Iberê de Mattos, localizado no município de Curitiba-Pr. Na análise preliminar do parque, foi realizada a divisão do local em quatro áreas, com três repetições, a 20 cm de profundidade. As áreas foram denominadas como: Área 1 – solo menos drenado; Área 2 – campo com sombreamento; Área 3 – próxima ao rio; Área 4 – campo sem sombreamento. Os solos das quatro áreas foram diagnosticados ácidos, com baixa saturação por alumínio, elemento tóxico para as plantas. Os teores de cálcio e magnésio encontrados foram altos. Na soma das bases, em todas as áreas, obteve-se níveis bons, e a saturação de bases foi inferior nas áreas 3 e 4. Os teores de fósforo (P) disponíveis oscilaram entre alto na Área 1 e baixo nas demais áreas – o que torna essas áreas limitantes, sendo necessário corrigir os locais que apresentam carência desse elemento. O estudo do solo é uma ferramenta simples que permite avaliar a qualidade ambiental em parques. No entanto, se faz necessário um rigoroso monitoramento dos níveis de atributos químicos, de forma a evitar processos de competição química entre os atributos.

Palavras-chave


Atributos Químicos. Solos Urbanizados. Deficiência de Fósforo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.