O USO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL (IA) NA FORMULAÇÃO DA ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO SOBRE A APLICAÇÃO DA COMPUTAÇÃO COGNITIVA EM EMPRESAS

Klaus Fuchs, Luis André Wernecke Fumagalli

Resumo


A aplicação de novas metodologias de processamento na área da Inteligência Artificial (IA) tem demonstrado um potencial cognitivo que sugere uma vasta utilização em diferentes áreas. Este artigo pretende discorrer sobre a sua utilização no processo de tomada de decisões referentes ao planejamento estratégico organizacional. Para isso, com o objetivo de definir as possibilidades atuais dessas tecnologias, foram realizados levantamentos sobre o estado atual do processamento de informações que necessitem reconhecimentos do modelo de pensamento humano para que os algoritmos possam ser executados com variáveis traduzidas para uma linguagem computacional. A pesquisa bibliográfica e documental possibilitou a validação dos objetivos propostos e a criação de um modelo lógico de processamento das informações inseridas com base nas diretrizes estratégicas da empresa, construído com base na pesquisa experimental. Os resultados obtidos podem servir de base para estudos posteriores já que o que se apresenta neste artigo são modelos hipotéticos baseados em conceitos da Administração, sem grandes desenvolvimentos na criação dos algoritmos necessários.

Palavras-chave


Inteligência Artificial. Planejamento Estratégico. Estratégia Organizacional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.