SENSORIALIDADE, EMOÇÃO E MOVIMENTO PSÍQUICO NA ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Dariane Borges Machado, Ana Clarice Steinmetz de Faria

Resumo


A presente pesquisa apresenta as relações entre sensorialidade, emoção e movimento psíquico no ser humano e as respectivas interferências no desempenho do profissional pós-moderno. Diante do pensamento de homem fragmentado vigente, este trabalho levanta características globais do sujeito, retratando a necessidade de lhe propiciar a oportunidade de colocar-se integralmente no mundo, sendo visto e considerado em sua totalidade. A dissertação sobre a sensorialidade humana, desenvolvida no texto, organiza o conhecimento científico já produzido, demonstrando a importância dos aspectos anatômicos e fisiológicos na relação com a emoção e funcionamento psíquico. Na sequência são apresentadas as dimensões que compõem o ser humano considerando a esfera racional, porém superando-a e equiparando-a a outros aspectos relevantes. Nessa perspectiva de integralidade, este trabalho expõe características postas na realidade do profissional pós-moderno, assim como sua posição e resposta às exigências de um mundo globalizado, tec lógico, midiático e instantâneo. Considerando o trajeto e avanços históricos da ciência, a presente pesquisa conceitua sensorialidade, emoção e consciência, evidenciando a importância desses fenômenos, assim como sua intrínseca relação e interdependência. Da mesma forma, objetiva-se descrever a diferenciação entre ter uma emoção, sentir uma emoção, ter conhecimento sobre o que está sentindo e as interferências desses níveis de consciência no desempenho profissional, propondo como intervenção a técnica corporal do reequilíbrio somatoemocional.

Palavras-chave: Sensorialidade. Reequilíbrio Somatoemocional. Consciência. Psique. Trabalho.


Palavras-chave


Sensorialidade. Reequilíbrio Somatoemocional. Consciência. Psique. Trabalho

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.