POLÍTICAS EDUCACIONAIS E CONDIÇÕES DO TRABALHO DOCENTE EM AMBIENTE HOSPITALAR: A EXPERIÊNCIA DO HOSPITAL DO TRABALHADOR

Anielly Aparecida Kops Galetto, Cinthya Vernizi Adachi de Menezes

Resumo


Educação é um direito de todo cidadão, bem como tê-la com qualidade em qualquer circunstância, até mesmo em hospitais. Para que isso aconteça, no Paraná ocorre o Serviço de Atendimento à Rede de Escolarização Hospitalar (SAREH), inicialmente fundamentado nas pesquisas realizadas por Menezes (2004), implantado em 2007 e amparado legalmente para os educandos que se encontram fora da escola por motivos de saúde. Partindo do pressuposto de que as condições do trabalho docente estão diretamente relacionadas à garantia do direito à educação de qualidade do educando hospitalizado, objetiva-se com esta pesquisa analisar as políticas educacionais vigentes, bem como a garantia das condições profissionais para a atuação docente no Hospital do Trabalhador, em Curitiba. A pesquisa possui natureza qualitativa, de caráter exploratório e descritivo, e utilizou o método do estudo de caso. Adotou-se a revisão bibliográfica sobre o tema, a análise documental e a entrevista semiestruturada com os profissionais da educação envolv os no atendimento pedagógico no referido hospital. Sendo assim, esta investigação busca identificar como as políticas educacionais se relacionam com as condições de trabalho docente da equipe que atua no SAREH no Hospital do Trabalhador. Dessa forma, o conhecimento científico produzido vem ao encontro da discussão sobre o atendimento escolar hospitalar – parte integrante do processo de ensino-aprendizagem – e a importância da ação pedagógica com vistas à garantia dos direitos da criança hospitalizada.

Palavras-chave: Educação. Escolarização Hospitalar. Políticas Educacionais. Atuação Docente.


Palavras-chave


Educação. Escolarização Hospitalar. Políticas Educacionais. Atuação Docente

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.